Arquivo da categoria: Papo de salão

Direto para o túmulo do tempo!

Ele é lindo, mas pisca pagando de gatinho? Usa gírias como “nem que a vaca tussa“, “pode tirar seu cavalinho da chuva“, “chutar o pau da barraca“, “meter o pé na jaca“, e o vencedor, “só o ouro”? Todos temos … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com , , | 2 Comentários

Considerações capilares

Sabe aqueles dias que você quer se esconder do mundo, ou melhor, quer esconder seu cabelo? Não há gorro, prendedor, faixa ou tic tac que resolva: tudo fica péssimo! E não estou falando de bad hair day, mas de uma … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com , , , | 2 Comentários

Sua Puta!

*** Artigo retirado do blog “Sobre a Vida“, de Frederico Mattos. Ela vendou os olhos dele. Suspirou um gemido no seu ouvido antes de tirar a venda. Ela abriu bem as pernas com cinta liga e lingerie preta diante dele. … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com | 3 Comentários

Generalizando sobre bichos e pessoas

Quem não tem filho, tem bichinho. É a vida real parafraseando a máxima “quem não tem cão, caça com gato”. Ele é, provavelmente, seu melhor amigo, caso você seja solteira e tagarela – como eu. Meu cachorro me faz sentir … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com , | 1 Comentário

Crise de criatividade

Fórmula para uma crise de nervos: uma folha em branco somada à palavra “prazo”. Tic tac, tic tac, tic ARRRRGH!!! É o chefe pressionando, o tempo passando, o teclado que não colabora, a internet que é lenta, o Facebook que … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com | 1 Comentário

O mundo dos “gente grande”

Essa história de virar adulto é complicada. Não é nada do tipo “acordei responsável, independente e segura”. É mais como “agora ferrou de vez!”. Tudo começa com a formação profissional. Não basta ser bom, tem que ser o melhor. Aí … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com , | 1 Comentário

Suspende!

Mulheres são terríveis! Bêbadas então, nem se fala… Outro dia – num bar, claro – percebi o quanto o álcool aflora esse nosso lado, digamos, “devasso”, que só a Sandy não tem. Primeira garrafa: -Um brinde! Segunda Garrafa: -Amiga, hoje … Continuar lendo

Publicado em Papo de salão | Marcado com , , | 1 Comentário