Considerações capilares

Sabe aqueles dias que você quer se esconder do mundo, ou melhor, quer esconder seu cabelo? Não há gorro, prendedor, faixa ou tic tac que resolva: tudo fica péssimo! E não estou falando de bad hair day, mas de uma coisa pior: bad hair “corte”. Nessas horas a gente processa a cabeleireira ou chora?

Eu, como não tenho terapeuta e nem grana pra contratar uma advogada – afinal, apenas uma garota defenderia minha causa com toda emoção que o momento pede -, me conformo em sentar e chorar. E escrever.

O pior de ter um corte mal sucedido é ter que exibí-lo e ver a hipocrisia nos lábios dos semi-conhecidos.Cortou o cabelo? NOOOOSSA! Nossa-nossa!. Você percebe que a frase começa com um sorriso colgate e termina com um (sorriso) amarelo.

Mas se você prefere pessoas sinceras, saiba que seus amigos – os de verdade – vão ser.  ..  “-Cortou o cabelo? HAHAHAHAHAHA Po… Boto fé. A crítica está implícita na parte do “ha-ha”, especialmente se forem garotos do tipo machão…

Ir ao cabeleireiro é tão, OU MAIS, importante para a saúde mental de uma pessoa como um divã. Aliás, profissionais da beleza deveriam ser graduados em psicologia… “-Tah de TPM? Vai cortar só daqui 10 dias. Em casa quero que faça terapia ocupacional com Friends e chocolate”. A vida seria mais fácil…

O fato é que cortar dois palmos de cabelo pode levar embora mais que pontas duplas. Confiança, por exemplo. Sou daquelas pessoas que ficam semanas desestabilizadas emocionalmente pensando nos fios que se foram. Síndrome de Sansão!

Mas confesso que tirar esses palmos a mais no comprimento me fez perceber que é hora de cortar também outras coisas da minha vida; coisas que me desgastam, que não me valorizam e/ou que me escondem, igualzinho ao antigo cabelo… Porque mulher quando mexe nas madeixas não é pra fazer “manutenção”, é pra fazer revolução!

😉

Foto: Reprodução

Enviado por: Rúbia Gondim

Anúncios

Sobre Alto do Salto

Somos muitas e, ainda assim, uma só.
Esse post foi publicado em Papo de salão e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Considerações capilares

  1. Pingback: Qual esmalte usar? | Do Alto do Salto

  2. Pingback: Qual esmalte usar? « Alto do Salto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s