Falsa modéstia

Abre o mar que eu quero passar: cabelo de seda, pele de porcelana, unha de boneca, produção “profissa” e make daquele jeito. Um looshoo, e você sabe disso! Mas, quantas vezes isso já aconteceu e você falou assim pra suas amigas: “UAU! Que gata que estou, hoje os olhares serão só pra mim!”? Falou? Se sim, aposto que saiu com fama de metida. Acertei?!

Já dizia Tom Jobim, “no Brasil, sucesso é ofensa pessoal”.

Quando você se auto-esculacha e diz coisas como “-noh, que celulite é essa que me apareceu?”, “pelamor, estou gorda” ou “meu rosto parece um ralador”, a maioria das pessoas tende a ficar satisfeita com isso, como se o fato de você estar pra baixo as levantasse. Sádico.

Ok, ninguém vai falar “é, você está apagada, agora é minha vez de brilhar”, claro que não! A estratégia funciona mais ou menos assim: você faz uma auto-crítica e as pessoas te falam que é alucinação, besteira, coisa da sua cabeça, e dizem que você está ótima, que se melhorar estraga. Mas, se você chega com a auto-estima mais alta que a da Ana Maria, vão SUTILMENTE te fazer baixar a bola falando coisas como “nem parece que você engordou com essa roupa”, “caraca, esse vestido disfarça mesmo suas celulites” ou “pena que essa peça vintage não combina com o ambiente”. Além de não admitir que em determinado dia seu cabelo está mesmo uma porcaria, ainda consegue fazer um comentário altamente broxante.

A nossa sociedade convive com um vírus chamado “baixa auto-estima”. E qualquer pessoa que fuja dos padrões sendo foda honestamente (tenha beleza, inteligência, dinheiro e popularidade) será taxada de convencida caso faça comentários sinceros a respeito de si mesma.

Absurdo? Experimenta se elogiar demais em público pra ver. Você pode argumentar, “-ah, mas pra quê eu vou ficar contando vantagem por aí?”. Eu pergunto, “-e por que você conta DESvantagens com tanta facilidade e sem o menor pudor?”.

Abaixo à falsa modéstia e à inveja disfarçada de solidariedade feminina.

 

Foto: Reprodução

Enviado por: Rúbia Gondim

Anúncios

Sobre Alto do Salto

Somos muitas e, ainda assim, uma só.
Esse post foi publicado em Papo de salão e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Falsa modéstia

  1. Maiara disse:

    Apoiado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s