Você passou o dia do índio com um índio?

12 de Junho chegando e aquele fuzuê de atualizações melosas no Facebook, Orkut, MSN e Twitter não param de chegar na sua timeline. Suas amigas trocam a pauta de “com que roupa vou para a balada no final de semana” para “que presente eu dou”. Sua mãe te ronda a fim de saber se você está ou não, “finalmente”, namorando. Sem contar aquela tia chata que torce pra você entrar no rol das encalhadas para lhe fazer companhia. E o seu irmão, aquele que nunca namorou, agora aparece quase noivo!

Sou do time das que detestam datas como natal, aniversário, dia do santo sei lá o quê, dia da mãe, do pai, do avô, do fulano, cicrano e dia dos namorados. Só gosto da Páscoa… Não preciso de um dia marcado de vermelho no calendário para lembrar de quem eu amo. Essas datas são apenas estratégias de marketing para aumentar as vendas. Mesmo que todos saibam disso, um monte de gente começa a namorar em Junho, é impressionante. O comércio agradece. Por mim tudo bem, menos gente mal comida no mercado mais gente feliz. O que me incomoda é a torcida do Vasco, Flamengo e Palmeiras (tinha que ser) juntarem-se para encher meu saco pondo defeitos na minha solteirice. Oras!

Quem já assistiu “P.s.: I Love you” deve lembrar da Denise (Lisa Kudrow), amiga da Holly (Hilary Swank) que sai beijando e fazendo mil perguntas para os caras que ela acha interessante, e em uma das cenas fica admirando o traseiro de um homem e é confrontada com uma pergunta embotada de crítica: “por que você trata os homens como pedaços de carne?”. A resposta é estupenda: “passei a vida inteira esperando que os caras olhassem para os meus olhos ao invés dos meus peitos, então agora me sinto no direito de sentar em um bar e admirar uma bela bunda quando vejo uma.” A Denise é o estereótipo perfeito da mulher que sofreu demais beijando sapos e eles não se transformaram em príncipes. Ela decidiu subir no salto, comprar o cavalo branco e ir se divertir (sozinha, obrigada) com os bobos da corte. Quem mandou o príncipe se perder no caminho? Agora ele, se quiser, que corra atrás do prejuízo.

Há garotas que, por mais absurdo que pareça, acham que a mulher precisa de um macho dominante pra ser feliz. São justamente aquelas que dizem que vão morrer quando o cara ameaça terminar o relacionamento. Não saem sozinhas com as amigas, não tem amigOs, não fazem o que querem com o cabelo, com as roupas e com a vida. Tudo depende da autorização do namorado – ou seria do dono? Desculpem-me as mulheres capacho, mas o lema “antes só do que mal acompanhada” muito me convém. É preciso entender que para ser dois, é necessário antes de tudo ser um. Completo. Essa história de que um complementa o outro é coisa de gente desesperada pra tirar o PA* da forca. Casal feliz é a junção da garota que sabe o que quer com o gatinho que sabe que a garota sabe o que quer e quer ficar com ela. Olha, isso não é fácil…

Agora, há de se convir que existem solteiras e solteiras. Porque uma coisa é você saber que o que está no mercado não lhe interessa para consumo a longo prazo, apenas para degustação e olhe lá. E outra, bem diferente, é querer levar pra casa e não poder pagar. A diferença está no amor próprio. Aiaiai, o artigo inteiro se refere ao primeiro grupo, o das solteiras convictas.

Sendo assim, pra você que está na fase “não preciso de um pinto pra ser feliz”, uma musiquinha especial, afinal, nem só de namorados e de solteiros infelizes vive o 12 de Junho.

Ó aqui a letra!

Fotos e vídeo: Reprodução

Enviado por: Rúbia Gondim

Anúncios

Sobre Alto do Salto

Somos muitas e, ainda assim, uma só.
Esse post foi publicado em Papo de salão e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Você passou o dia do índio com um índio?

  1. Tive 2 casamentos difíceis, não namoro por opção pq tranqueira pra dizer que vc tem namorado tem um mont por aí, sou func.publica concursada ,pago minhas contas,cuido da minha vida…
    Dia dos namorados? Manda pra PQP!!!!

  2. doaltodosalto disse:

    E pra PQP vai junto: homem tranqueira, gente imbecil, conveniências, aparências e superficialidade!

    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s