Eis que surge o CONIC

Ali, óh: do lado do Conjunto Nacional; em cima da Rodoviária. Onde tem um monte de igreja do Reino de Deus, boate de strep tease e self-service de R$ 6,99. Lá onde tem menino matando aula, matando a tara, matando o tempo e uns matando gente. Onde tem velhinho pagando chopp, pagando puta e pagando sapo.

Lugar “estranho com gente esquisita.” Tem meninas de “salto 15, saia de borracha,” aplique no cabelo e batom vermelho que estão a passeio e outras que estão a trabalho. Cuidado: o detalhe pode estar numa simples bolsinha..

Esse é o CONIC, o Setor de diversidade/autenticidade/Diversões Sul. A palavra “diversão” deve ter o mesmo significado de “gosto”- já que é que nem “c*”, em que cada um tem o seu. Imagino que deve ser divertido ir num culto onde na hora da meditação ouve-se gemidos das trabalhadoras noturnas da região. Mas nada que atrapalhe o script do diretor, digo, do pastor.

Falando em diretores, pastores e putaria, lembrei-me de um acontecimento no mínimo curioso. Há uns anos atrás, dizem, haviam salas de cinema no CONIC que só passavam filmes alternativos. Hoje elas não existem mais, pois foram substituídas por igrejas. É, talvez Deus prefira os filmes hollywoodianos…

Os boêmios podem ficar tranquilos, porque boteco ainda tem.

P.s..: Post em homenagem (atrasada) a brasilia.

FOTO: Reprodução

Enviado por: Rúbia Gondim

Anúncios

Sobre Alto do Salto

Somos muitas e, ainda assim, uma só.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s